3 PRINCÍPIOS BÁSICOS PARA COMEÇAR A MONTAR OS MELHORES TIMES DE RECEPCIONISTAS PARA EVENTOS

Contratar recepcionistas para um evento é sempre um desafio, pois são pessoas sem vínculo com o seu negócio ou empresa que irão te representar por algumas horas e até dias. Se você tem o costume de realizar eventos, com certeza tem muita história para contar! São inúmeros problemas vividos diariamente.

Para quem ainda está começando, não se desespere! Há várias formas de manter tudo sob controle e proporcionar experiências incríveis aos participantes! Vamos lá?

Quando estamos no processo de planejamento e organização de um evento, após definirmos questões relacionadas à infraestrutura, número de salas e palestras, público, entre outros, precisamos pensar sobre o número necessário de pessoas para fazer tudo funcionar como planejado. Infelizmente, não temos super poderes de multiplicação para conseguirmos ocupar todas as funções ao mesmo tempo. Além disso, existem assuntos mais estratégicos de bastidores para cuidar. É aí que entram os profissionais free lancer que trabalham com recepção. Eles serão a cara do evento, o primeiro contato que o público terá ao chegar (e você sabe que a primeira impressão é a que fica, né?!). Portanto, não dá para deixar essa função na mão de qualquer pessoa ou empresa.

Durante vários anos atuando nesta área, pudemos desenvolver estratégias que nos ajudam a minimizar ao máximo os problemas vivenciados diariamente com equipes free lancer nos mais variados tipos de eventos. Pode parecer impossível, mas não é! O segredo dessa relação é gerar empatia, vínculos e engajamento.

Para lidar com isso, nós estabelecemos 3 princípios básicos:

1. COMUNICAÇÃO

O primeiro passo é usar textos leves, que remetem a um bate-papo e mostram como como é bom e importante ter aquela pessoa na equipe.

Nas demais comunicações, como avisos de seleção, confirmações de trabalho e orientações diversas, o mesmo clima precisa ser mantido, sempre ressaltando a ideia de que todos fazem parte de um time e que o trabalho de cada um é essencial para o resultado.

2. REMUNERAÇÃO

Por mais que o discurso “dinheiro não é tudo na vida” seja muito popular por aí, é claro que ele tem a sua importância. Você pode valorizar as pessoas com palavras e atitudes, mas na vida profissional a remuneração faz muita diferença. Apenas elogios não colocam comida na mesa, concorda?!

Portanto, oferecer cachês justos e compatíveis com as horas de trabalho é, sem dúvida, a confirmação de que a dedicação da pessoa está sendo valorizada.

3. CONFIANÇA

Estabelecer uma relação de confiança com o profissional é o que vai deixar seguro para executar um bom trabalho. Isso engloba questões ligadas ao cumprimento das datas de pagamento, demonstração de organização da empresa, informações coerentes e completas, entre outros. Se a pessoa não acreditar no profissionalismo da agência, dificilmente terá uma postura profissional com ela.

Criar um relacionamento saudável entre empresa e colaboradores é extremamente importante e uma tarefa árdua. Quando eles não são CLT e apenas realizam trabalhos pontuais, isso se torna mais desafiador. Você não terá a pessoa lá diariamente para bater um papo, tomar um café, escutar os seus anseios e, assim, estreitar os vínculos. Os 3 princípios acima são os primeiros passos para começar a conquistar times de recepção que “vestem a sua camisa” e realizam trabalhos memoráveis!

É essa equipe de recepção super motivada e engajada que você busca para o seu evento? CLIQUE AQUI para conversar com uma de nossas produtoras e garanta um time de recepção incrível para o seu evento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *